Desenhando com o Lado Direito do Cérebro

Ótima dica para quem está aprendendo a desenhar.

"Desenhando com o Lado Direito do Cérebro", além de ser o melhor livro já publicado sobre o ensino do dese- nho, é o primeiro que apresenta e divulga uma aplicação prática das recentes descobertas sobre as especializações funcionais dos hemisférios cerebrais.

A Dr.a Betty Edwards, apoiada nas pesquisas do Dr. Roger Sperry (Prêmio Nobel de Medicina e Fisiologia de 1981), com um texto claro e riquíssimo, desvenda e desmistifica o até então misterioso "talento" para o desenho. Através da intuição, da pesquisa e de sua particular genialidade, estabelece as bases de uma revolução no ensino do desenho.

As técnicas por ela utilizadas já eram do conhecimento de alguns professores e artistas plásticos. A execução de croquis de cabeça para baixo, por exemplo, era recomendada pelo Professor Jay Doblin em 1956. Os exercícios de Kimon Nicolaides, a percepção e utilização dos espaços negativos, também não são novidades, porém, não se sabia porque exatamente estas práticas desenvolviam a percepção visual.

O grande mérito da Dr.a Betty Edwards é ter dado um fundamento científico a todo esse conhecimento intuitivo, criando um método extraordinariamente rápido e eficaz, uma união perfeita da intuição (hemisfério direito) com a razão (hemisfério esquerdo), da arte com a ciência. Há dois anos venho estudando este método e o aplicando em vários alunos dos cursos que dou no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro e no Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB—RJ), obtendo resultados comparáveis aos apresentados neste livro.

O Método Betty Edwards — no meu entender — deve ser estudado por todos os professores e alunos de desenho das escolas secundárias, escolas de arte e universidade do Brasil. A utilização das descobertas sobre as especializações funcionais dos hemisférios cerebrais irá — acredito eu — alterar todo o processo de aprendizagem, conseqüentemente todo o ensino. Finalmente — estou convencido — que, com o passar do tempo, as bases científicas do trabalho da Dr.a Betty Edwards terão sua aplicação a outros ramos do conhecimento, criando os rumos de uma nova educação.

Prefácio da Edição Brasileira

1 comentários:

Anônimo disse...

Comecei a lê-lo e realmente é muito bom e é até engraçado algumas partes como se encaixa perfeitamente, quando ela descreve a forma que nos sentimos ao fazer um exercício, receios...


Suzete.

Postar um comentário